quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Eita!

Nos últimos dias não tive tempo de me dedicar ao blog. Mas agora vou pra casa tomar um belo banho, comer um belo prato de comida e preparar um belo conteúdo para este belo espaço de discussão que está se tornando este belo blog. Quanta beleza pode haver no colapso!

"...vamos parar de discutir o capitalismo como se fosse um jegue e a gente estivesse discutindo como punir o jegue por comer o mato do sítio do vizinho."

Essa analogia foi feita pelo amigo Gabriel Tupinambá, do blog Nonada.

3 comentários:

Cris Chevriet disse...

este comentário tem seu valor e concordo.As coisas, o mundo, a vida são simples o que é difícil e complicado é o caminho da simplicidade. Beijos prá vc!!!

Gabriel disse...

O caminho da simplicidade é justamente discutir que o jegue comeu o mato do vizinho

Cris Chevriet disse...

será? acho que não. O caminho da simplicidade é feito de ações, e conjunto de atitudes,(o que para mim é dificílimo, confesso) e ele nunca será completo porque afinal vivemos em sociedade, na era da absoluta ruptura.Discutir que o jegue comeu o mato do vizinho só benefia ao jegue e quiça ao vizinho, sabe-se lá....beijos aos dois pensadores